Secção Museu
Página de EntradaPesquisarMapa do SiteAjudaPerguntas Mais Frequentes
Página de ENtradaPesquisarMapa do SiteAjudaPerguntas Mais Frequentes
Exposição - InícioServiçosColecçõesBiblioteca
saltar menu: ALT+x
Primeira Sala

Moedas
Serralharia
Vidro
Olaria
Carpintaria
Cantaria
Fiação
Agricultura
Construção Civil
Utensilios e Ferramentas
Louças
Lucernas
Escrita
Jogos e Passatempos
Adorno
Equipamento Militar
Pesos e Medidas
Saúde e Higiene
Mapa do Museu com a primeira sala seleccionada Segunda Sala Terceira Sala Quarta Sala
Fotos alusivas ao Adorno. Estes links abre uma nova janela Fotos alusivas ao Adorno Fotos alusivas ao Adorno

Adorno

Durante o Império, os Romanos adquirem um gosto desmedido pelas jóias, chegando a usar-se simultaneamente vários pares de brincos e diversos anéis em todos os dedos das mãos.

As pulseiras eram produzidas em vários materiais e existiu na cidade, desde a Idade do Ferro, um importante centro de produção de contas de vidro azul cobalto cujos achados totalizam milhares.

Para fixar algumas peças de vestuário e seus drapeados - mas nunca os da toga - usavam os Romanos a fíbula. Conimbriga tem uma colecção de fíbulas datáveis entre os século VII-V a.C. e o século IV d.C. Com um alfinete simples ou decorado, o acus crinalis, prendiam as mulheres romanas os cabelos.


Topo da Página
English
2002 @ Museu Monográfico de Conimbriga / IPMWebdesign: Mediaprimer.pt