Secção Museu
Página de EntradaPesquisarMapa do SiteAjudaPerguntas Mais Frequentes
Página de ENtradaPesquisarMapa do SiteAjudaPerguntas Mais Frequentes
Exposição - InícioServiçosColecçõesBiblioteca
saltar menu: ALT+x
Primeira Sala

Moedas
Serralharia
Vidro
Olaria
Carpintaria
Cantaria
Fiação
Agricultura
Construção Civil
Utensilios e Ferramentas
Louças
Lucernas
Escrita
Jogos e Passatempos
Adorno
Equipamento Militar
Pesos e Medidas
Saúde e Higiene
Mapa do Museu com a primeira sala seleccionada Segunda Sala Terceira Sala Quarta Sala
Fotos alusivas à saúde e higiene. Estes links abrem uma nova janela Foto alusiva à saúde e higiene Foto alusiva à saúde e higiene Foto alusiva à saúde e higiene Foto alusiva à saúde e higiene

Saúde e Higiene


Mens sana in corpore sano é uma máxima de Juvenal que resume toda a sabedoria da educação dos Romanos e explica os cuidados que consagram ao corpo. Através do banho e das massagens, dos exercícios físicos e dos remédios caseiros procuravam manter o vigor e a saúde, só recorrendo aos médicos quando algum mal persistia. Os instrumentos próprios para cuidar da higiene do corpo são o strigilum, uma peça de osso ou metal com que se retiravam do corpo as gorduras e a sujidade, e as navalhas para barbear e cortar o cabelo e o pente.

A medicina necessitava de instrumentos especializados: são frequentes as colheres espatuladas; as ligulae e as pinças; o escalpelo; o dissecador e as sondas. Para pintar os cabelos, para fazer a pele do rosto alva e macia necessitavam as senhoras de uma quantidade infinita de pós, pomadas, unguentos e perfumes que se preparavam em casa ou compravam em pequenos frascos, caixas, anforetas feitas em vidro, cerâmica, alabastro, osso e metal e os unguentários de vidro.


Topo da Página
English
2002 @ Museu Monográfico de Conimbriga / IPMWebdesign: Mediaprimer.pt